Atividade Física

Foi ao Nutricionista e tem um Plano Alimentar a seguir para perder peso? Ótimo, já está a começar num bom caminho. Agora o que tem a fazer é forcar-se no seu objetivo, não o deixe para segundo plano NUNCA. Ele faz parte de si agora, esse plano é você! Ficam assim 4 dicas simples para que o sucesso desse Plano Alimentar seja mais facilmente alcançado: Pratique Atividade Física- Se acha que vai perder peso só com uma alimentação saudável está bastante enganado. Alimentação Saudável e a Prática de Atividade Física estão sempre ligadas. Alcançar o seu peso ideal, depende de ambas! Há várias formas de o começar a fazer, é uma questão de experimentar várias atividades e praticar a que lhe dá mais prazer. (Motive-se aqui ) Escreva – Tenha sempre consigo um caderninho onde vai apontado tudo o que vai comendo, faça um Diário Alimentar. Aponte TUDO. Este caderno é seu e só seu, por isso, sem vergonhas, aponte tudo aquilo que vai comendo ao longo do dia. Desta forma, vai conseguir ter uma ideia clara dos seus erros e dos seus sucessos. Lembre-se que são os erros que nos fazem perceber aquilo que temos de alterar, não tenha medo de errar! Não tenha medo de escrever que comeu mais do que devia ao almoço, porque só assim vai conseguir perceber aquilo que o está a impedir de alcançar o sucesso. Para além de anotar aquilo que consome, anote também aquilo que vai sentido, escreva frases de motivação para si próprio e escreva aquilo que o fez começar VÁRIAS VEZES. Aprenda a ler rótulos – Aprenda a ler rótulos para fazer escolhas inteligentes (aprenda aqui). Só assim vai conseguir cumprir um plano alimentar com prazer. Não precisa de comer o que não gosta, e não tem de deixar de comer o que mais gosta. Pelo menos, não de uma forma radical. Podem ser feitas escolhas inteligentes no supermercado, se souber como ler o rótulo de um produto alimentar. Por falar em supermercados, lembre-se: desembale menos e descasque mais & NUNCA vá às compras com fome. Transforme-se – Não mude, transforme-se. As mudanças acabam por desaparecer. As transformações permanecem. Altere aquilo que acredita, aquilo que você é. Não diga estou em dieta, transforme sim os seus hábitos alimentares. Não espere atingir um objetivo para poder voltar ao que era! O seu objetivo não é um peso. O seu objetivo é uma transformação, naquilo

Vais de férias para a neve e não sabes como vais fazer com a tua alimentação? Ficas com algumas dicas sobre como podes fazer uma Alimentação Saudável na Neve! Estamos na altura das incríveis semanas, passadas em família ou com amigos, desde Andorra à Serra Nevada, dos Alpes Franceses ou até aos destinos mais longínquos como as generosas montanhas dos Estados Unidos, as estâncias estão cheias de esquiadores iniciantes, que entre uma ou outra espargata tentam encontrar o equilíbrio em cima dos esquis. Ou de riders experientes que passam a 100 km/h e salpicam neve naqueles, que como eu, passam o dia de rabo no chão! São das férias mais completas, pois pode-se passar tempo de qualidade com a família e amigos, e ao mesmo tempo ainda se apanham uns raios de sol, ar fresco na Natureza e pratica-se muita atividade física. Por esta última, a importância de manter uma alimentação adequada torna-se imprescindível para estas semanas. A atividade física praticada na neve tem exigências especiais por parte do nosso organismo devido a vários fatores como a altitude em que são praticados os desportos de neve, a temperatura, a exposição solar, e o esforço físico do organismo por parte do sistema muscular, das articulações, sistema respiratório e sistema cardiovascular, o que leva a uma necessidade maior de hidratação e energia. Para além da alimentação adequada a ter durante o dia nas pistas (onde o almoço está incluído), também se deve manter uma alimentação adequada fora das pistas: tanto ao pequeno-almoço como ao jantar, pois são momentos que garantem o aporte de energias necessárias para os dias passados a praticar desporto. Muitas vezes estas refeições já vêm incluídas na estadia e por isso, devido à impossibilidade de confecionar os seus próprios pratos, podem ser cometidos alguns erros. Assim, deixo aqui algumas dicas que o vão ajudar a manter uma alimentação saudável e adequada para suas férias na neve, de forma a tirar o melhor proveito do seu dia na pista: - Hidrate-se! - Este é um ponto muito importante. Beba muita água, a desidratação pode ser um fator de risco para acidentes e consequentes lesões na neve. Não dando jeito levar uma água consigo na mão, opte por andar com uma mochila com uma garrafa de água ou então tenha o hábito de ir parando nos cafés/restaurantes ao longo das pistas para se manter hidratado. Os chás quentinhos também são uma boa opção nesta altura. Mas cuidado, não opte

Actividade física são todos os movimentos corporais que resultam num gasto energético. Hoje apresento-te 10 benefícios da atividade física. Com dois pais professores de educação física, este não podia deixar de ser um tema a apresentar-vos aqui pelo meu blog. Apresento assim 10 razões que te podem e devem motivar a praticar atividade física:   1- PESO SAUDÁVEL: Aliada a uma alimentação saudável, a prática de atividade física diminui a massa gorda e aumenta a massa magra, ajudando na obtenção de um peso saudável. 2- STRESS E ANSIEDADE: A prática de atividade física induz a libertação de endorfina, a hormona do bem-estar e do prazer, deixando o nosso corpo mais relaxado e ajudando a aliviar o stress e ansiedade do dia-a-dia. 3- ATIVIDADE CEREBRAL: Quando pratica atividade física o fluxo sanguíneo aumenta, levando mais energia e mais oxigénio a todo o lado, incluindo ao cérebro, o que resulta numa maior e melhor atividade cerebral. 4- SAÚDE ÓESSA: Praticar atividade física fortalece os ossos e diminui o risco de fraturas. 5- SISTEMA IMUNITÁRIO: A atividade física moderada reforça o nosso sistema imunitário, o sistema do nosso organismo que nos dá uma proteção contra doenças. 6- AÇÚCAR NO SANGUE: A prática de atividade física ajuda na prevenção e no tratamento da Diabetes tipo II, na medida em que aumenta a sensibilidade à insulina bem como promove a sua produção, que é a hormona que regula os níveis de açúcar no sangue. 7- COLESTEROL: Existem enzimas que ajudam no controlo dos níveis de colesterol no sangue, enzimas essas que são ativadas pela prática de atividade física. 8- TENSÃO ARTERIAL: A atividade física auxilia no controlo da pressão arterial, ajudando a diminuir a tensão arterial em pessoas que tenham Hipertensão, bem como ajuda na sua prevenção em pessoas predispostas a desenvolver a doença. 9- HUMOR, SONO, LÍBIDO E APETITE: A prática de exercício físico leva a um aumento de serotonina, uma hormona que tem várias funções no organismo, entres as quais regula o humor, o sono, a libido e o apetite. 10- AUTOCONFIANÇA: Por todos estes pontos, a prática de atividade física aumenta a autoconfiança, não só pela autoimagem positiva que o individuo acaba por ter, mas também pelo sentimento de otimismo que adquire face a desafios. Posto isto, vamos praticar atividade Física? Não te esqueças que, para praticares atividade física precisas de estar bem-nutrida, por isso deixo-te aqui sete ideias de sete snacks que podes fazer durante a semana para que tenhas energia para os teus treinos. Inspira-te