Viagens

É possível viajar, ir de férias, viver fora e ao mesmo tempo manter um estilo de vida saudável? Como fazer uma alimentação saudável enquanto viajas? Vamos descobrir! Viajar, passear, férias! Quem não adora? Explorar o mundo, conhecer novas realidades, conhecer novas pessoas, conhecer melhor quem somos. Significa sair do conforto e amar o desconforto, o desconhecido. Descobrir novas paisagens, novas paixões. E para tudo isto, há algo que temos de quebrar, algo que temos de deixar para trás, e que em muitos pode criar alguma comichão. Do que estou a falar? Da nossa ROTINA. Para nos perdermos no mundo e nos encontrarmos mais a nós mesmos, precisamos de quebrar uma certa rotina que temos enraizada e que nos é tão confortável. E agora? Sem a nossa rotina? Como conseguimos manter os nossos hábitos saudáveis? Sem o nosso ginásio a quinze minutos de carro? Sem o nosso mercado para comprar produtos frescos todos os dias? Sem a nossa hora de almoço certinha com a refeição naquele tupperware? E sem lancharmos duas horas certinhas, depois? Conseguimos manter o nosso estilo de vida saudável sem a nossa rotina diária? SIM CONSEGUIMOS!!! Porque na verdade ter um estilo de vida saudável é muito mais que essa rotina! E isso é o primeiro ponto que temos de ter na nossa mente: Se somos saudáveis numa parte do mundo, conseguimos sê-lo no resto do mundo. E isto é certinho como o destino (não estivéssemos nós a falar de destinos!). Ser saudável e ter um estilo de vida saudável não significa que não possamos experimentar um prato novo de vez em quando, não significa que não possamos atrasar ou adiantar o exercício físico do final da tarde para vermos um lindo e espetacular pôr-do-sol. Bem pelo contrário, ser saudável é também saber aproveitar tudo, o que de incrível, o mundo tem para nos oferecer! Conseguimos ser saudáveis sem as nossas clássicas papas de aveia de manhã e sem o nosso ginásio ao final do dia? Sim, claro que conseguimos! Como? Para explicar melhor, darei o meu exemplo: Quando vim para Moçambique toda a gente me dizia a mesma coisa ao chegar: Prepara-te para engordar, Bárbara!. Claro que eu estava assustada! Não pela parte de engordar, mas por, eventualmente, não conseguir manter o meu estilo de vida saudável. Sabia que não ia ter o meu ginásio, mas sou uma pessoa motivada e focada e decidi logo que teria de arranjar um método para manter a minha rotina,

Vais de férias para a neve e não sabes como vais fazer com a tua alimentação? Ficas com algumas dicas sobre como podes fazer uma Alimentação Saudável na Neve! Estamos na altura das incríveis semanas, passadas em família ou com amigos, desde Andorra à Serra Nevada, dos Alpes Franceses ou até aos destinos mais longínquos como as generosas montanhas dos Estados Unidos, as estâncias estão cheias de esquiadores iniciantes, que entre uma ou outra espargata tentam encontrar o equilíbrio em cima dos esquis. Ou de riders experientes que passam a 100 km/h e salpicam neve naqueles, que como eu, passam o dia de rabo no chão! São das férias mais completas, pois pode-se passar tempo de qualidade com a família e amigos, e ao mesmo tempo ainda se apanham uns raios de sol, ar fresco na Natureza e pratica-se muita atividade física. Por esta última, a importância de manter uma alimentação adequada torna-se imprescindível para estas semanas. A atividade física praticada na neve tem exigências especiais por parte do nosso organismo devido a vários fatores como a altitude em que são praticados os desportos de neve, a temperatura, a exposição solar, e o esforço físico do organismo por parte do sistema muscular, das articulações, sistema respiratório e sistema cardiovascular, o que leva a uma necessidade maior de hidratação e energia. Para além da alimentação adequada a ter durante o dia nas pistas (onde o almoço está incluído), também se deve manter uma alimentação adequada fora das pistas: tanto ao pequeno-almoço como ao jantar, pois são momentos que garantem o aporte de energias necessárias para os dias passados a praticar desporto. Muitas vezes estas refeições já vêm incluídas na estadia e por isso, devido à impossibilidade de confecionar os seus próprios pratos, podem ser cometidos alguns erros. Assim, deixo aqui algumas dicas que o vão ajudar a manter uma alimentação saudável e adequada para suas férias na neve, de forma a tirar o melhor proveito do seu dia na pista: - Hidrate-se! - Este é um ponto muito importante. Beba muita água, a desidratação pode ser um fator de risco para acidentes e consequentes lesões na neve. Não dando jeito levar uma água consigo na mão, opte por andar com uma mochila com uma garrafa de água ou então tenha o hábito de ir parando nos cafés/restaurantes ao longo das pistas para se manter hidratado. Os chás quentinhos também são uma boa opção nesta altura. Mas cuidado, não opte