Receitas

Hoje venho partilhar com vocês a receita que eu utilizo para confeccionar as minhas Papas de Trigo Sarraceno. Já mencionei várias vezes a importância que existe em variar a nossa alimentação, só assim podemos ter uma alimentação saudável: dando nutrientes de várias fontes ao nossa organismo. O trigo sarraceno não é considerado um cereal, mas sim um pseudo-cereal , por se assemelhar a tal mas ser na verdade um grão. É fonte de várias vitaminas e minerais que contribuem para o bom funcionamento do nossa organismo , entre os quais o magnésio, fósforo e potássio, que estão presentes em boas quantidades. Contém também uma boa quantidade de proteína, hidratos de carbono entre os quais fibras e ainda antioxidantes. Por isto, este pseudo-cereal é uma boa opção para o seu pequeno almoço, por ser fornecedor de vários nutrientes essenciais ao nosso bem-estar. Preparação: 1- Deve começar por demolhar o trigo (1/2 chávena) em água durante a noite (8 horas) ou pelo menos 4 horas; 2- Na manhã seguinte, coe a água e lave os grãos com água; 3- Coloque num tacho ao lume 1/2 caneca de leite ou bebida vegetal, com 1 casca de limão, 1 colher de sopa de canela e adicione o trigo sarraceno. Mexa durante cerca de 5 minutos, dando tempo para os grãos absorverem o líquido; 4- Deixe arrefecer e coloque no triturador tudo junto. Caso queira uma textura mais líquida pode adicionar mais 1/2 caneca de leite ou bebida vegetal. Eu ainda adicionei 1/4 de banana e 1 colher de sopa de proteína matinal (esta é a minha favorita); 5- Triture tudo e sirva numa tigela  com fruta da época, 1 colher de chá de manteiga de amendoim (prozis) e sementes de chia;  

Hoje venho partilhar a minha receita de Courgette com Soja à Bolonhesa, que serve para um almoço ou jantar bem leve e cheio de sabor. Nem sempre é fácil a ingestão mais reduzida dos hidratos de carbono e embora, nem sempre seja necessárias, por vezes é recomendada pelos profissionais da área da saúde em alguns casos que apresentem necessidade de perda de peso. Desta forma, hoje venho partilhar uma receita, que para além de baixa em hidratos de carbono, é também vegan, isto é, que não tem qualquer produto de origem animal na sua confeção. Através de um "espiralizador" (comprei o meu no Jumbo), um utensílio que transforma os alimentos em tiras e que fazem lembrar esparguete, podemos reproduzir o famoso prato "Esparguete à bolonhesa" com um alimento tão simples como a courgette. Para substituir a carne picada, utilizei soja fina. Vejamos como: Ingredientes- 1 courgette grande Soja fina (4 colheres de sopa) Molho de tomate caseiro (Tomate, Alho, Ervas aromáticas, sal e pimenta a gosto) Ervas Aromáticas Queijo vegan de Amêndoa ralado (Encontre aqui.) Procedimento- Comece por demolhar a soja fina em água e deixe a repousar cerca de 10 minutos. Enquanto isso, com a ajuda de um espiralizador , transforme a courgette em esparguete. Comece por descascar a courgette e depois coloque uma ponto dentro do espiralizador rode a courgette apenas num sentido. Quando tiver a quantidade de “esparguete” que deseja, coloque uma frigideira antiaderente e grande ao lume com a courgette e deixe cozinhar. Enquanto isso, escorra a água da soja fina e junte o molho de tomate noutra frigideira à parte, ou na mesma se preferir servir logo tudo junto. Coloque as ervas aromáticas, o sal e pimenta que deseja e deixe cozer, enquanto vai mexendo durante cerca de 10 minutos a lume brando. No final, antes de desligar o fogão coloque o queijo ralado por cima e deixa derreter. Desligue, deixe arrefecer um pouco, e sirva. Ainda coloquei 1/4 de bacate por cima para efeitar! Bom Apetite! Se gostase desta receita, experimenta também o meu Crepe de Espinafres!

E que tal umas bolachas crocantes saudáveis e feitas em casa? Hoje Fui para a cozinha e fiz estas bolachas que comi antes do meu treino para me darem energia! Apetecia-me algo estaladiço e crocante, como as crackers , que infelizmente existem cheias de sal nas prateleiras de todos os supermercados. Algo desse género, mas sem sal, sem açúcar e que só me fizessem bem! Assim surgiu esta receita, em que precisei de: 1/2 chávena amêndoas com pele 2 chávena de flocos de aveia 1 colher de sopa de manteiga de amendoim (prozis!!) 1/2 copo de água Comecei por triturar as amêndoas e depois juntei os flocos de aveia e a manteiga de amendoim. No final adicionei a água, que poderia ter sido mais se quisesse que ficassem menos secas e quebradiças. Espalhei em papel vegetal e, com outro papel vegetal por cima, passei com o rolo. Levei ao forno pré-aquecido a 170º por 20 minutos et voilá!!!   Umas bolachas crocantes e  deliciosas :) Experimentem e partilhem! Se gostaste desta receita, experimenta também as bolachas proteicas de feijão!    

Bom dia, Hoje trago-vos a receita de umas das minhas bolachas favoritas de todos os tempos e que levam apenas e só três ingredientes. Sim, três ingredientes e são aqueles que dão o nome às bolachas. Claro que depois vocês podem acrescentar o que quiserem: podem acrescentar gengibre (agora para a altura do Natal, bolachinhas de Gengibre que são uma delícia), ou podem acrescentar chocolate, que foi como eu fiz porque sou super gulosa. O chocolate que acrescentei é da Essential Nutrition, uma nova empresa em Portugal (que já existe há 6 anos no Brasil) que desenvolve suplementos alimentares com a base da Nutrição funcional. Todos os produtos produzidos não têm adoçantes artificiais, açúcar, conservantes, corantes, lactose e glúten. Visitem o site, e se alguma coisa vos interessar podem utilizar o meu código: NUTRIBARBARA e têm 10% de desconto. Mas vamos lá ao que interessa, as bolachinhas!! Para 12 bolachas utilizei: 1 banana 2 chávenas de flocos de aveia finos 2 colheres de sobremesa de canela Levei a banana ao micro-ondas durante 2 minutos para amolecer e depois envolvi com a aveia. Juntei à massa a canela e moldei as bolachas que foram ao forno por 45 minutos (pré-aquecido) a 170º. O chocolate, caso queiram fazer iguais às minhas, podem acrescentar logo antes de as colocar no forno. Simples e divinais!! Experimentem e partilhem comigo!  

Tem um jantar daqui a duas horas e não preparou nada para levar? Esta Tarte de Framboesas é ideal para ti! Espreita já a receita! Aqui fica uma ideia de uma tarte crua vegan que está pronta em menos de uma hora! Pode prepará-la e quando se acabar de preparar a si, estará pronta! A receita é , como todas as minhas receitas, super simples. Os ingredientes necessários são: 200g de framboesas ( uso sempre as congeladas) Agar agar (O meu é do Celeiro) 15 Tâmaras 3 colheres de sopa de farinha de coco 1 chávena e meia de flocos de aveia Comecei por fazer a base, triturando as tâmaras (adiciono sempre duas colheres de sopa de água para facilitar o processo), juntando a farinha de coco e os flocos de aveia até obter uma mistura seca mas suficientemente pastosa de forma a dar para moldar. Depois coloquei a base numa forma circular com papel vegetal para retirar facilmente. Para o recheio de framboesas, coloquei 1 chávena de água ao lume e quando esta já estava a ferver adicionei 1 colher de sobremesa de Agar agar. Deixei dissolver e juntei as framboesas. Deixei mais um pouco ao lume, sempre a mexer, cerca de 2 minutos. Coloquei por cima da base e levei ao frigorífico cerca de 40 minutos. O Agar agar é um substituto óptimo da gelatina animal e gelifica muito mais facilmente que as gelatinas comuns. Não deixa qualquer sabor, por isso é perfeito, mas também podes fazer com gelatina. Espero que experimentes e partilhes comigo! E se gostaste desta receita, experimenta também os meus Brigadeiros Saudáveis.

Vamos a uma receita simples, saborosa e super nutritiva? Guarda já estas bolachas proteicas de feijão! Muitas vezes, enquanto nutricionista, oiço pessoas a dizer que à noite não costumam comer muito, que ficam por uma sopa e que não consomem grandes quantidades de alimentos. Para quem está a tentar perder peso, isto pode ter algum sentido, no entanto ATENÇÃO, porque não faz sentido para toda a gente. O que faz bem para uns, não significa que faça bem a outros. Principalmente quem faz desporto e tem uma vida mais ativa! Hoje, trago-vos esta sugestão de bolachinhas proteicas que podem juntar à vossa sopa e manter um jantar soft. Então, os ingredientes necessários são: 1/2 cebola 1 ovo 1 chávena de floco de aveia finos 1/2 lata de feijão frade 1 lata de atum Pimenta e Sal q.b. Comece por demolhar os flocos de aveia em água, deixando-os cobertos. Enquanto isso, pique a cebola, triture com o feijão e atum juntos e bata o ovo. Coloque o forno a pré-aquecer a 180º. Depois de deixar os flocos de aveia a demolhar cerca de 10 minutos, escorra a água e junte todos os ingredientes envolvendo-os até obter uma pasta homogénea. Tempere com o sal e pimenta que deseja. Com as mãos, faça pequenas bolas e molde consoante a forma que quiser, coloque em papel vegetal ou papel de alumínio (coloquei um pouco de farinha para não colar) e leve ao forno durante cerca de 30 minutos, em 180º. Uma vez que esta questão do tempo e temperatura varia de forno para forno, aconselho a ir espreitando. Faça, experimente e partilhe comigo!! Se gostaste desta receita, experimenta também a minha Pizza Vegan Sem Glúten.  

Que melhor há para recuperar energias para uma semana do que um lanchinho de amigas a um Domingo à tarde acompanhado por um Bolo de Maçã e Canela Saudável? Este Domingo, recebi as minhas amigas cá em casa para um chá e para acompanhar, fiz um bolo de maçã e canela sem açúcares adicionados. Ingredientes: 2 maçãs médias cozidas; 100 g de tâmaras;2 colheres de sopa de xilitol (pode usar stevia); 2 colheres de sopa de canela; 400 g de Aveia; 2 ovos; 200 ml de leite sem lactose; 1 colher de sopa de óleo de coco; Cobertura: 2 maçãs cortadas aos pedações; 1 colher de sopa de óleo de coco; 100g de flocos de aveia; 1 colher de sopa de canela;   Procedimento:   Comece por cozer as mação aos pedaços, colocar as tâmaras a hidratar (cubra com água) e pré-aqueça o forno a 180º. Num processador triture as maçãs já cozidas juntamente com as tâmaras e com metade da água com que as cobriu para hidratar e adicione à pasta o xilitol e a canela. Num recipiente à parte bata os ovos, junte a farinha e o leite e por fim a pasta de maça. Leve ao forno num tabuleiro rectangular por cerca de 30 minutos a 180º. Enquanto isso, corte em pedaços pequenos duas maçãs e coloque num frigideira com o óleo de coco, a canela e os flocos de aveia até as maçãs ficarem douradas. Retire o bolo do forno e faça pequenos furos com um garfo antes de verter a cobertura. Deixe arrefecer antes de cortar em pequenos quadrados. A casa ainda cheira a bolo de maçã e canela. Experimentem e partilhem!!! Se gostaste desta receita, experimenta também a minha tartelete de alfarroba!