Vegan

Esta é daquelas receitas que serve para SOBREMESA de um almoço ou jantar de amigos no fim-de-semana e se sobrar, pode ficar como SNACK para a tua semana! Guarda já! Para a base: 200g de amêndoas 200g de passas 3 colheres de sopa de água Para o recheio: 400 ml de leite de coco 100 ml de água 1 saqueta de 30g de gelatina de frutos vermelhos (ou versão vegan: 1 colher de sobremesa de agar-agar e 3 colheres de sopa de puré de frutos vermelhos) Processo: Junta os ingredientes da base num processador de alimentos e triture. Coloca no fundo de uma tarteira com fundo amovível ou coloca em mini forminhas de silicone (eu fiz numa tarteira e depois cortei com formas). Leva ao frigorífico enquanto preparas o recheio. Coloca a saqueta de gelatina em 100ml de água quente (mas não a ferver) e dissolve a gelatina.* Envolve com o leite de coco e coloca o preparado por cima da base (ou das bases caso tenhas optado por fazer logo em forminhas de silicone). Polvilha com coco ralado e deixa a repousar no frigorífico durante cerca de 2 horas. Quando estiver pronto, podes servir como está e cortar em fatias, ou fazes como eu e cortas com formas. *Se optaste pela versão vegan, basta fazeres os mesmos passos da gelatina mas com o agar agar e depois, juntas o puré de frutos vermelhos (que é só basicamente triturares os frutos vermelhos) com o leite e a gelatina de agar agar.

Antes de mais, relembro que o “saudável” é relativo. O termo saudável é aplicado nesta Nutella porque não tem açúcares refinados ou óleos hidrogenados. No entanto, se comerem esta versão de Nutella às colheres, deixar logo de ser saudável ⠀ ⠀ Guarda já a receita e se fizeres, partilha comigo ⠀ ⠀ ⠀ INGREDIENTES:⠀ 200g de avelãs torradas sem pele ⠀ 200g de tâmaras hidratadas ⠀ 2 colheres de sopa de cacau em pó ⠀ ⠀ PROCESSO:⠀ Começa por deixar as tâmaras a hidratar, cobrindo com água, durante pelo menos uma hora. Se estiveres com pressa podes colocar água a ferver que faz o mesmo efeito. ⠀ Se tiveres avelãs ao natural, podes colocar a assar 5 minutos a 200° e posteriormente com a ajuda de uma peneira retirar a pele. ⠀ Depois, com um processador, tritura as avelãs durante cerca de 10 minutos até começarem a libertar gordura e formar uma manteiga. Nessa altura adiciona as tâmaras e a água onde foram hidratadas e tritura tudo junto até obter uma pasta. Adiciona o cacau e deixe a triturar tudo junto mais uns 2 a 3 minutos. ⠀ Coloca numa taça para servir ou num frasco de vidro e conserva no frigorífico. ⠀ ⠀

Admito que escolhi as mais perfeitinhas para esta fotografia Sim porque nem toda a gente tem o jeitinho de certas pessoas que para aí andam (cof cof @laranja.lima.nutricao cof cof) para fazer panquecas super fofas e perfeitas;⠀O psílio deixa a massa SUPER elástica e por isso, uma dica de dou é colocarem a massa (que será bastante espessa) na frigideira com a ajuda dos dedos molhados ⠀⠀Receita para 15 Panquecas ( dá 3 por cada dia da semana ):⠀ 250g de farinha de aveia⠀ 1 colher de sopa de cacau ⠀ 1 colher de sobremesa de PSÍLIO ⠀ 1 colher de chá de fermento ⠀ 300ml de bebida vegetal⠀ 150 ml de água ⠀⠀Preparação: ⠀Comecem por misturar os secos e depois vão adicionando os líquidos à medida que vão mexendo. A massa começa a ficar rija por isso prefiro utilizar uma batedeira no final. ⠀

Hoje começa Setembro, hoje começa o o nosso desafio Quem está connosco neste #setembrosemcarnept? ‍♀️Esta receita serve 4 pessoas e muito possivelmente ainda ficam com recheio de sobra para fazerem mais uns pratos de Chilli a acompanhar com arroz, por exemplo Ingredientes: 200g de feijão preto 200g de feijão Catarino 1 pimento vermelho 1 talo de Aipo 1 Cenoura 1/2 malagueta picada 200g de Polpa de Tomate 20g de nozes 2 Batatas doce Coentros qb Sal e pimenta qb Azeite Preparação: 1 - O ideal desta receita seria começar por preparar as leguminosas em casa - o feijão preto e o feijão catarino - lavar, demolhar (pelo menos 8h) e cozer (com a alga kombu ou umas rodelas de gengibre); 2- Lavar bem as duas batatas, cortar ao meio e colocar as quatro metades num tabuleiro de ir ao forno entre 45 a 60 minutos a 180º; 3- Enquanto isso, ralar a cenoura, cortar o pimento vermelho em pequenos cubos, laminar o aipo - e juntar tudo na frigideira com um fio de azeite, sal e pimenta qb mais a polpa de tomate - deixar a cozinhar cerca de 10 minutos em lume médio-baixo; 4 - Adicionar os feijões, meia malagueta picada e deixar a cozinhar mais 5 minutos; 5 - Dividir o preparado em dois e triturar metade - com a varinha mágica ou com um liquidificador - adicionando água se necessário para ser mais facilmente triturado; 6 - Juntar a pasta obtida à outra metade ainda na frigideira e deixar a cozinhar mais 2 minutos; 7- Desligar o fogão e adicionar as nozes, grosseiramente picadas; 8- Retirar as batatas do forno e deixar arrefecer; 9- Com uma colher, escavar as batatas e retirar a polpa - conservar e utilizar posteriormente ou esmagar e juntar ao preparado; 10 - Rechear as metades das batatas com o chilli e servir com coentros picados por cima; Por dose (sem a polpa da batata), esta receita tem cerca de 38g de Hidratos de Carbono , 10g de Proteína e 6g de Gordura. O teor proteico da receita pode ser aumentado com 2 ovos cozidos e picados, servidos com o recheio por cima das batatas quando adicionarem também os coentros Agora, corram para o Instagram da @laranja.lima.nutricao que tem uma receita de Hambúrgueres de Lentilhas para partilhar com vocês Para além destes Hambúrgueres, o Instagram da Ana está recheado de excelentes receitas que podem fazer durante este mês Ela é das pessoas que mais me inspira

Mais uma vez, no âmbito do meu projeto "Nutricake" no ginásio onde dou consultas, inventei uma nova receita! Vou ser muito honesta de como surgiu: era o que tinha em casa! Tinha sobrado tofu do almoço e por acaso tinha uma tablete de chocolate negro por usar! Foi assim que nasceu este receita, simples, Vegan, crua e sem açúcares refinados Base: 1 colher de sopa de manteiga de Amendoim; 1 colher de sopa de cacau em pó; 200g de flocos de aveia; 100 ml de água; Recheio: 200g de tofu; 170g chocolate negro; 2 colheres sopa de açúcar de coco; 100ml bebida vegetal; 1 colher de sopa de pepitas de cacau (cobertura). Preparação: Comece juntar todos os ingredientes da base no processador e triture. Depois coloque a massa numa base com fundo amovível, e deixe repousar no frigorífico enquanto prepara o recheio. Derreta o chocolate negro, em banho Maria, enquanto tritura o tofu com a bebida vegetal no processador. Quando o chocolate estiver derretido adicione lentamente á mistura do tofu. Passe novamente esta mistura no triturador até ficar com uma consistência homogenia. Espalhe rapidamente por cima da base, e decore com as pepitas de cacau. Guarde no frigorífico até á hora de servir

No outro dia fui almoçar com a Ana Gomes (autora do blog "A Melhor Amiga da Barbie") a um dos meus novos restaurantes favoritos, O Botanista, que é Zomato Gold (subscrevam aqui e usem o meu código BRBA9185 para ganharem 25% de desconto) e comemos uma sobremesa VEGAN de Laranja e Cacau DI-VI-NAL. Tentámos adivinhar o que levava e foi nessa conversa que surgiu a ideia de experimentar uma do mesmo género com caju e limão. Foi assim que inventei a seguinte receita e que partilho agora com vocês. Espero que gostem, experimentem e partilhem comigo! Ingredientes Recheio: 200g de caju 200g de tofu sumo de 2 limões1 colher de sopa de açúcar de coco Ingredientes base: 2 colheres de sopa de manteiga de caju;200g de flocos de aveia finos;100g de tâmaras sem caroço; Procedimento: Comece pela base. Junte os ingredientes num processador. O meu é óptimo (marca: Kenwood) e por isso não precisei de triturar antes as tâmaras, mas caso seja necessário, comece pelas mesmas (sem caroço!!). Depois disso. Coloque numa base à escolha e leve ao forno (aquecido previamente a 180º) apenas para tostar um pouco enquanto faz o recheio. O recheio, comece por colocar os cajus e deixe a triturar até começar a obter uma pasta homogénea e de preferência pouco granulada. Enquanto tritura, junte aos poucos o tofu ( eu cortei aos cubo e fui adicionado). Por fim o sumo dos limões e o açúcar. Retire a base do forno - ao fim de 10 minutos- e deixe arrefecer enquanto continua a triturar bem o recheio. Triture durante mais 5-10 minutos. Depois coloque na base e leve ao frigorífico durante 2 horas ou até servir.

Quando dou consultas, partilho muitas receitas com os meus clientes. Mas não sou a única, eles também partilham muitas receitas comigo. Acabo por me inspirar em muitas coisas que eles fazem e readapto para receitas mais equilibradas, de forma a poder satisfazê-los também. No outro dia, uma cliente minha, disse-me que costumava juntar lentilhas e cogumelos para fazer hambúrgueres e achei uma ideia genial, que acabei por reproduzir ,com algumas alterações e ajustes ao meu gosto. Deixo-vos, a minha receita vegan de hambúrgueres com lentilhas e cogumelos. Ingredientes: 200g de lentilhas tricolor cozidas; 100g de cogumelos frescos; 1 fio de azeite e 1 cabeça de alho ; 100g de flocos de aveia; Sal e pimenta qb; 1 colher de sopa de levedura nutricional. Procedimentos: Comece por cozer lentilhas. Deve lavá-las antes, mas ao contrário das outras leguminosas, não necessita de as colocar a demolhar visto que cozem rapidamente. Ainda assim , se quiser diminuir o tempo de cozedura, pode fazê-lo. Enquanto as coze, saltei os cogumelos fresco num fio de azeite e com 1 cabeça de alho picado. Quando as letilhas estiverem cozidas e os cogumelos salteados, junte 200g de leguminosas aos cogumelos e triture. Adicione os flocos de aveia e triture de novo. Junte os temperos, a levedura e envolva. Molde hambúrgueres e coloque num tabuleiro, com papel vegetal, para ir ao forno cerca de 40 minutos. Vire ao final dos primeiros 20 minutos.

Hoje venho partilhar com vocês a receita que eu utilizo para confecionar as minhas Papas de Trigo Sarraceno. Já mencionei várias vezes a importância que existe em variar a nossa alimentação, só assim podemos ter uma alimentação saudável: dando nutrientes de várias fontes ao nossa organismo. Tal como a quinoa, o trigo sarraceno não é considerado um cereal, mas sim um pseudo-cereal , por se assemelhar a tal mas ser na verdade um grão. É fonte de várias vitaminas e minerais que contribuem para o bom funcionamento do nossa organismo , entre os quais o magnésio, fósforo e potássio, que estão presentes em boas quantidades. Contém também uma boa quantidade de proteína, hidratos de carbono entre os quais fibras e ainda antioxidantes. Por isto, este pseudo-cereal é uma boa opção para o seu pequeno almoço, por ser fornecedor de vários nutrientes essenciais ao nosso bem-estar. Preparação: 1- Deve começar por demolhar o trigo (1/2 chávena) em água durante a noite (8 horas) ou pelo menos 4 horas; 2- Na manhã seguinte, coe a água e lave os grãos com água; 3- Coloque num tacho ao lume 1/2 caneca de leite ou bebida vegetal, com 1 casca de limão, 1 colher de sopa de canela e adicione o trigo sarraceno. Mexa durante cerca de 5 minutos, dando tempo para os grãos absorverem o líquido; 4- Deixe arrefecer e coloque no triturador tudo junto. Caso queira uma textura mais líquida pode adicionar mais 1/2 caneca de leite ou bebida vegetal. Eu ainda adicionei 1/4 de banana e 1 colher de sopa de proteína matinal (esta é a minha favorita); 5- Triture tudo e sirva numa tigela  com fruta da época, 1 colher de chá de manteiga de amendoim (prozis) e sementes de chia; Aqui tem, um pequeno almoço completo, saudável e saboroso! Códigos 10% de desconto: Prozis - BARBARANUTRI Iswaris - barbara_nutri10