receitas saudáveis Tag

Para estas panquecas fofas e altas utilizei a farinha de trigo sarraceno. Esta farinha é feita a partir de sementes que se assemelham bastante a grãos. É uma farinha isenta de glúten e riquíssima em várias vitaminas e minerais. Comprei a minha no Aldi, mas também podem comprar na @prozis ou em outros supermercados.⠀⠀ ⠀⠀ INGREDIENTES (para duas pessoas)⠀⠀ 85 g da farinha de trigo sarraceno ⠀ 2 ovos ⠀⠀ 2 colheres de sopa cheias de puré de pêra (podem utilizar qualquer outra fruta) ⠀⠀ ⠀⠀ PROCESSO:⠀⠀ Podem fazer a mistura num copo misturador e utilizar um garfo ou uma varinha mágica. Comecem por bater os ovos e juntar o puré de pêra, depois adicionem a farinha e envolvam. A massa obtida será espessa mas esse é o truque para que fiquem super altas e fofas. Depois, coloquem 1 colher de chá de óleo de coco numa frigideira antiaderente e quando já estiver quente, com a ajuda de uma colher de sopa coloquem a massa nas frigideira. É difícil que fiquem panquecas com um formato perfeito pois a massa é rija mas ajudem com o dedo a fazer pequenos montes. Depois disso, tapem a frigideira e deixem a cozinha em lume baixo durante cerca de 4 minutos. Não é necessário muito tempo porque se não ficam secas. Depois viram as panquecas e aí conseguem fazer um formato mais bonito achatando o outro lado. Deixam nem 1 minuto e estão prontas a servir. Ficam deliciosas com a Nutella saudável. ⠀⠀ ⠀ Guarda JÁ a receita e se a fizeres, partilha comigo as tuas panquecas altas e fofas

Antes de mais, relembro que o “saudável” é relativo. O termo saudável é aplicado nesta Nutella porque não tem açúcares refinados ou óleos hidrogenados. No entanto, se comerem esta versão de Nutella às colheres, deixar logo de ser saudável ⠀ ⠀ Guarda já a receita e se fizeres, partilha comigo ⠀ ⠀ ⠀ INGREDIENTES:⠀ 200g de avelãs torradas sem pele ⠀ 200g de tâmaras hidratadas ⠀ 2 colheres de sopa de cacau em pó ⠀ ⠀ PROCESSO:⠀ Começa por deixar as tâmaras a hidratar, cobrindo com água, durante pelo menos uma hora. Se estiveres com pressa podes colocar água a ferver que faz o mesmo efeito. ⠀ Se tiveres avelãs ao natural, podes colocar a assar 5 minutos a 200° e posteriormente com a ajuda de uma peneira retirar a pele. ⠀ Depois, com um processador, tritura as avelãs durante cerca de 10 minutos até começarem a libertar gordura e formar uma manteiga. Nessa altura adiciona as tâmaras e a água onde foram hidratadas e tritura tudo junto até obter uma pasta. Adiciona o cacau e deixe a triturar tudo junto mais uns 2 a 3 minutos. ⠀ Coloca numa taça para servir ou num frasco de vidro e conserva no frigorífico. ⠀ ⠀

Na viagem que fiz ao Sri Lanka, trouxe um saco cheio de especiarias. Toda a gente me falava que o caril da Ilha era o melhor que alguma vez ia experimentar. E, sem dúvida, que é verdade! Assim, não podia vir e não trazer comigo para Portugal. Trouxe para mim, para a minha família e para os meus amigos. Mas entre tantas entregas, acabei por ficar com caril para o ano inteiro em casa ehehe

Vou contar-vos um segredo: broa de milho é das coisas que me dá mais prazer comer. Alguém desse lado que partilha do mesmo sentimento? Adoro broa de milho com tudo! Queijo, doce, manteiga de amendoim…enfim! Tudo! E claro, como boa portuguesa que sou, broa de milho com BACALHAU…como não adorar também?! “Ah Bárbara mas isso é saudável?”- Perguntam vocês. Tudo é saudável com conta, peso e medida Este sempre foi o meu pensamento! Mais saudável fica se for feito com alimentos frescos e … amor! Assim partilho com vocês esta receita deliciosa com as postas de bacalhau da Pescanova que são embaladas a vácuo, sem adição de água de vidragem, para não criar gelo e conservar todo o sabor e propriedades. Bacalhau com broa e vegetais (serve 2 pessoas) ·         2 lombos de bacalhau Pescanova (2x 300g) ·         3 dentes de alho (15g) ·         2 batatas doce médias (160g) ·         Sal qb ·         ½ cebola (150g) ·         5 c. de sopa azeite (cerca de 50g) ·         1/2 courgette (200g) ·         qb pimenta de moinho ·         folhas de espinafres (170g) ·         Miolo de broa de milho (100g) Coloque as postas de bacalhau numa panela com os dentes de alho (eu coloquei em água morna para descongelar - mas não é necessário colocarem também). Cubra com água, tape e ferva durante 4 minutos. Retire do lume e deixe arrefecer. Lave e coza as batatas. Retire a pele e corte em rodelas, dispondo num tabuleiro ou prato de levar ao forno. Corte a cebola em tiras e cozinhe-a com um fio de azeite até  começar a alourar. Junte a courgette cortada também às rodelas. Quando estiverem cozinhadas, disponha por cima das rodelas da batata. Tire a pele e as espinhas ao bacalhau, desfaça-o e espalhe-o sobre as rodelas de batata, cobrindo-as com a cebola escorrida. Disponha por cima as restantes rodelas de batata. Coloque os espinafres a cozer numa frigideira com o fundo com água e junte o bacalhau desfiado também, adicione 1 fio de azeite. E coloque por cima da cebola e curgete. Pré-aqueça o forno a 200ºC. Desfaça a broa e polvilhe o miolo por cima dos espinafres e bacalhau. Adicione um fio de azeite e leve ao forno até a broa ficar dourada. AlimentosHidratos de Carbono (g)dos quais Açucare Simples (g)Fibra (g)Proteínas (g)Lípidos (g)dos quais Saturados (g)Total de Energia (kcal)Total164,416,820,611512,20,91379

No outro dia fui almoçar com a Ana Gomes (autora do blog "A Melhor Amiga da Barbie") a um dos meus novos restaurantes favoritos, O Botanista, que é Zomato Gold (subscrevam aqui e usem o meu código BRBA9185 para ganharem 25% de desconto) e comemos uma sobremesa VEGAN de Laranja e Cacau DI-VI-NAL. Tentámos adivinhar o que levava e foi nessa conversa que surgiu a ideia de experimentar uma do mesmo género com caju e limão. Foi assim que inventei a seguinte receita e que partilho agora com vocês. Espero que gostem, experimentem e partilhem comigo! Ingredientes Recheio: 200g de caju 200g de tofu sumo de 2 limões1 colher de sopa de açúcar de coco Ingredientes base: 2 colheres de sopa de manteiga de caju;200g de flocos de aveia finos;100g de tâmaras sem caroço; Procedimento: Comece pela base. Junte os ingredientes num processador. O meu é óptimo (marca: Kenwood) e por isso não precisei de triturar antes as tâmaras, mas caso seja necessário, comece pelas mesmas (sem caroço!!). Depois disso. Coloque numa base à escolha e leve ao forno (aquecido previamente a 180º) apenas para tostar um pouco enquanto faz o recheio. O recheio, comece por colocar os cajus e deixe a triturar até começar a obter uma pasta homogénea e de preferência pouco granulada. Enquanto tritura, junte aos poucos o tofu ( eu cortei aos cubo e fui adicionado). Por fim o sumo dos limões e o açúcar. Retire a base do forno - ao fim de 10 minutos- e deixe arrefecer enquanto continua a triturar bem o recheio. Triture durante mais 5-10 minutos. Depois coloque na base e leve ao frigorífico durante 2 horas ou até servir.

Olá, olá! Hoje trago-vos uma receita bem simples e saborosa para um almoço ou jantar leve e que acompanha muito bem com uma simples salada: abóboras recheadas.  Duração da receita: 40 minutos Ingredientes (para 4 doses): 4 metades de abóbora 1 tomate 1 ovo 1 copo de leite magro 2 cenouras 200 g de espinafres 1 lata de atum ao natural 1 colher de sopa de pimenta preta e curcuma 100g de Trigo Sarraceno Sal qb Preparação: Colocar o fogão a aquecer a 180º; Fazer o recheio a lume brando: Começar por colocar os espinafres e quando estes mingarem, colocar as duas cenouras raladas e envolver. Colocar a lata de atum, o tomate cortados aos cubos e o trigo sarraceno (anteriormente demolhado e cozido) e deixar tudo em lume brando; Enquanto isso colocar outra panela com água a ferver no máximo e escaldar durante cerca de 5 minutos as 4 metades de abóbora; Juntar ao recheio o Ovo batido juntamente com o leite e envolver tudo. Colocar a pimenta preta e a curcuma e deixar cozer tudo cerca de 10 minutos; Retirar as 4 metades de abóbora da água a escaldar, colocar num tabuleiro e dividir o recheio por cada abóbora; Deixar no fogão cerca de 15 minutos. Imagens: